quinta-feira, 2 de abril de 2009

Era flor, casulo, petróleo; virou fibra, fio e tecido; se transformou em tendência, moda e brega e no seu fim vintage. Afinal a moda não morre, vira referência.

4 comentários:

Tiago Moralles disse...

A fantástica história circular da moda em formato Twitter hehe.

Felipe A. Carriço disse...

Virou moda escrever poemas! Literalmente!

Muito bom, viu...

Abraços

Nayara Diniz disse...

No fim Felipe, tudo vira moda, às vezes no formato Twitter.

Fernanda Fernandes disse...

RSRS..Tira a prova de tecnologia textil da cabeça muié!!!
bjs.