domingo, 23 de dezembro de 2007

Papai Noel, Velho Batuta

Todo Natal era sempre a mesma coisa.
"Querido Noel, esse ano eu fui uma menina boazinha, não fiz mal-criação, não desobedeci meus pais, passei de ano e queria ganhar...", mas se eu não ganhasse, meu pai fazia questão de dizer que era culpa do Papai Noel, que por ele eu ganhava, mas o bom velhinho me julgou perversa naquele ano, mas isso raramente acontecia.
Lembro de ficar esperando ele aparecer, e meu tio magro, mas muito magro comprava aquela fantasia vermelha, colocava aquela barba e vinha cantando rou rou rou papai noel chegou, essa cena até hoje me é traumatizante.
Mas a cena que hoje em dia sempre vem na minha cabeça é a do dia em que deixei de acreditar no bom velhinho, estava eu brincando na rua e perguntei a um amiguinho mais velho:
-O que você pediu pro Papai Noel?
- Naná, Papai Noel não existe!
- Existe sim, ele existe..
E aquelas palavras ecoavam em minha cabeça, e o choro era a única forma que eu tinha de expressar o que sentia. Hoje vejo o real significado do Natal, é comprar presente, comer um bom tender, peru de natal, não esquecendo do grande panetonne, a sem me esquecer que é para reunir a família que não se vê o ano todo, mas no Ntal está ali, se abraçando e se amando, como o Natal é bonito.

Quem nasceu mesmo no dia 25?

3 comentários:

Luh disse...

é... e todos vão se esquecendo do real sentido do natal...

Ok....

Quem vai luta contra o capitalismo? ou nada contra a maré!

somos só mais um numero... =/

bjO*

Marinaaa disse...

É.. mas... esse Natal não tah com cara de NAtal...

Eu lembro que quando era menor.. as ruas eram tdas enfeitadas... tinha até uma competição no fantástico da rua mais iluminada!!! Os shoppings entãO.. Minha Nossa!!! Na televisão.. sempre tinha especiais... Mas nesse ano... num vi nada dissO.. uma casa ou outra tem um pisca-pisca!!! O shoopings tem UMa arvore.. E na Tv?? Eu só vi uma unica propaganda da coca-cola!!! Essa sim tinha o verdadeiro espirito natalino, com akela familia de ursos polares!!! = /

E eu penso... meus netos... vão ver o natal como !pqp tenho que comprar presente (qual o sig disso msm????)

bOm enfim... ehh mtaaa coisaa pra comentarr sobre isso!!!

De qualquerr maneira.. bOm Tender pra tdOs!!!

BjO BjO!!!

-=Tiago Fidelis Moralles=- disse...

How how how.
É Nah, pelo jeito foi traumatizante para você, saber que o bom velhinho não existia.
Pelo que vi no texto e nos comentários, todo mundo vê o Natal com um ato capitalista e desesperador, consumido pelas massas através das propagandas (hehe desculpe). Como o comentário da Marina, que quase não viu comercial da Coca-Cola, realmente as coisas estão diferentes.
Mas, não podemos deixar de esquecer que se não fosse a propaganda, esse Natal comemorativo, consumista e de espírito natalino, não existiria. Foi a nossa saudosa Coca-Cola que incorporou o bom velhinho no meio de nós. Antes dela o Papai Noel era como seu tio, magro, de roupa marrom e por vezes amarela, com o surgimento da Coca no final do século XIX, essa visão foi mudando, ela passou a adotar um representante natalino, mais gordinho, mais simpático e vermelho principalmente, a cor do produto.
Então, se mesmo assim não concordam com o espírito desse tipo de Natal, não deveriam concordar desde o nascimento do velho que vocês conhecem hoje, aquele mesmo que presenteia os ricos, cospe nos pobres.
Beijo e boas festas, quer dizer chega de boas festas (para entender melhor leia http://tfmoralles.blogspot.com/2007/12/chega-de-boas-festas.html).